Beco do Batman, São Paulo, Brasil.
Entre as vielas do bairro da Vila Madalena, mais precisamente nas ruas Gonçalo Afonso e Medeiros de Albuquerque, fica localizada uma galeria de grafite a céu aberto conhecida como Beco do Batman – próxima à estação Clínicas do Metrô. Com ruas estreitas, a visita ao local pode ser mais proveitosa se o visitante for a pé ou de bicicleta.
Sua história começou na década de 1980, quando foi encontrado nas paredes do bairro um desenho do homem-morcego dos quadrinhos. O acontecimento atraiu estudantes de artes plásticas, que começaram a fazer desenhos de influência cubista e psicodélica nas paredes do Beco, formando a galeria de paredes totalmente cobertas.
Atualmente, os desenhos são renovados constantemente por grafiteiros e a comunidade ajuda a conservar as paredes que são muito disputadas pelos artistas. O Beco tornou-se um ponto turístico obrigatório para os amantes das artes urbanas. A cada visita, uma nova pintura é encontrada no local, o que faz que o visitante retorne mais de uma vez para apreciar as obras.
-
Among the alleys of the neighborhood of Vila Madalena, more precisely in the streets Gonçalo Afonso and Medeiros de Albuquerque, a gallery is located in the open graphite known as Batman’s Alley. With narrow streets, the site visit may be more useful if the visitor is on foot or by bicycle.
Its history began in the 1980s, when it was found on the walls of the neighborhood a drawing of batman. The event attracted students from fine arts, which began making drawings of cubist influence and psychedelic walls of the alley, forming the gallery walls completely covered.
Currently, the designs are constantly renewed by graffiti artists and the community helps to keep the walls that are much disputed by artists. The Alley has become a tourism place must for lovers of urban arts. At each visit, a new painting is found on site, which makes the visitor to return more than once to appreciate the works.
Foto 1: Rodrigo Yoshioka
Foto 2: Wally Gobetz
Foto 3: Wally Gobetz
Foto 4: Wally Gobetz
Foto 5: Wally Gobetz
Foto 6: Kris Arruda
Foto 7: laconics
Foto 8: Wally Gobetz
Beco do Batman, São Paulo, Brasil.
Entre as vielas do bairro da Vila Madalena, mais precisamente nas ruas Gonçalo Afonso e Medeiros de Albuquerque, fica localizada uma galeria de grafite a céu aberto conhecida como Beco do Batman – próxima à estação Clínicas do Metrô. Com ruas estreitas, a visita ao local pode ser mais proveitosa se o visitante for a pé ou de bicicleta.
Sua história começou na década de 1980, quando foi encontrado nas paredes do bairro um desenho do homem-morcego dos quadrinhos. O acontecimento atraiu estudantes de artes plásticas, que começaram a fazer desenhos de influência cubista e psicodélica nas paredes do Beco, formando a galeria de paredes totalmente cobertas.
Atualmente, os desenhos são renovados constantemente por grafiteiros e a comunidade ajuda a conservar as paredes que são muito disputadas pelos artistas. O Beco tornou-se um ponto turístico obrigatório para os amantes das artes urbanas. A cada visita, uma nova pintura é encontrada no local, o que faz que o visitante retorne mais de uma vez para apreciar as obras.
-
Among the alleys of the neighborhood of Vila Madalena, more precisely in the streets Gonçalo Afonso and Medeiros de Albuquerque, a gallery is located in the open graphite known as Batman’s Alley. With narrow streets, the site visit may be more useful if the visitor is on foot or by bicycle.
Its history began in the 1980s, when it was found on the walls of the neighborhood a drawing of batman. The event attracted students from fine arts, which began making drawings of cubist influence and psychedelic walls of the alley, forming the gallery walls completely covered.
Currently, the designs are constantly renewed by graffiti artists and the community helps to keep the walls that are much disputed by artists. The Alley has become a tourism place must for lovers of urban arts. At each visit, a new painting is found on site, which makes the visitor to return more than once to appreciate the works.
Foto 1: Rodrigo Yoshioka
Foto 2: Wally Gobetz
Foto 3: Wally Gobetz
Foto 4: Wally Gobetz
Foto 5: Wally Gobetz
Foto 6: Kris Arruda
Foto 7: laconics
Foto 8: Wally Gobetz
Beco do Batman, São Paulo, Brasil.
Entre as vielas do bairro da Vila Madalena, mais precisamente nas ruas Gonçalo Afonso e Medeiros de Albuquerque, fica localizada uma galeria de grafite a céu aberto conhecida como Beco do Batman – próxima à estação Clínicas do Metrô. Com ruas estreitas, a visita ao local pode ser mais proveitosa se o visitante for a pé ou de bicicleta.
Sua história começou na década de 1980, quando foi encontrado nas paredes do bairro um desenho do homem-morcego dos quadrinhos. O acontecimento atraiu estudantes de artes plásticas, que começaram a fazer desenhos de influência cubista e psicodélica nas paredes do Beco, formando a galeria de paredes totalmente cobertas.
Atualmente, os desenhos são renovados constantemente por grafiteiros e a comunidade ajuda a conservar as paredes que são muito disputadas pelos artistas. O Beco tornou-se um ponto turístico obrigatório para os amantes das artes urbanas. A cada visita, uma nova pintura é encontrada no local, o que faz que o visitante retorne mais de uma vez para apreciar as obras.
-
Among the alleys of the neighborhood of Vila Madalena, more precisely in the streets Gonçalo Afonso and Medeiros de Albuquerque, a gallery is located in the open graphite known as Batman’s Alley. With narrow streets, the site visit may be more useful if the visitor is on foot or by bicycle.
Its history began in the 1980s, when it was found on the walls of the neighborhood a drawing of batman. The event attracted students from fine arts, which began making drawings of cubist influence and psychedelic walls of the alley, forming the gallery walls completely covered.
Currently, the designs are constantly renewed by graffiti artists and the community helps to keep the walls that are much disputed by artists. The Alley has become a tourism place must for lovers of urban arts. At each visit, a new painting is found on site, which makes the visitor to return more than once to appreciate the works.
Foto 1: Rodrigo Yoshioka
Foto 2: Wally Gobetz
Foto 3: Wally Gobetz
Foto 4: Wally Gobetz
Foto 5: Wally Gobetz
Foto 6: Kris Arruda
Foto 7: laconics
Foto 8: Wally Gobetz
Beco do Batman, São Paulo, Brasil.
Entre as vielas do bairro da Vila Madalena, mais precisamente nas ruas Gonçalo Afonso e Medeiros de Albuquerque, fica localizada uma galeria de grafite a céu aberto conhecida como Beco do Batman – próxima à estação Clínicas do Metrô. Com ruas estreitas, a visita ao local pode ser mais proveitosa se o visitante for a pé ou de bicicleta.
Sua história começou na década de 1980, quando foi encontrado nas paredes do bairro um desenho do homem-morcego dos quadrinhos. O acontecimento atraiu estudantes de artes plásticas, que começaram a fazer desenhos de influência cubista e psicodélica nas paredes do Beco, formando a galeria de paredes totalmente cobertas.
Atualmente, os desenhos são renovados constantemente por grafiteiros e a comunidade ajuda a conservar as paredes que são muito disputadas pelos artistas. O Beco tornou-se um ponto turístico obrigatório para os amantes das artes urbanas. A cada visita, uma nova pintura é encontrada no local, o que faz que o visitante retorne mais de uma vez para apreciar as obras.
-
Among the alleys of the neighborhood of Vila Madalena, more precisely in the streets Gonçalo Afonso and Medeiros de Albuquerque, a gallery is located in the open graphite known as Batman’s Alley. With narrow streets, the site visit may be more useful if the visitor is on foot or by bicycle.
Its history began in the 1980s, when it was found on the walls of the neighborhood a drawing of batman. The event attracted students from fine arts, which began making drawings of cubist influence and psychedelic walls of the alley, forming the gallery walls completely covered.
Currently, the designs are constantly renewed by graffiti artists and the community helps to keep the walls that are much disputed by artists. The Alley has become a tourism place must for lovers of urban arts. At each visit, a new painting is found on site, which makes the visitor to return more than once to appreciate the works.
Foto 1: Rodrigo Yoshioka
Foto 2: Wally Gobetz
Foto 3: Wally Gobetz
Foto 4: Wally Gobetz
Foto 5: Wally Gobetz
Foto 6: Kris Arruda
Foto 7: laconics
Foto 8: Wally Gobetz
Beco do Batman, São Paulo, Brasil.
Entre as vielas do bairro da Vila Madalena, mais precisamente nas ruas Gonçalo Afonso e Medeiros de Albuquerque, fica localizada uma galeria de grafite a céu aberto conhecida como Beco do Batman – próxima à estação Clínicas do Metrô. Com ruas estreitas, a visita ao local pode ser mais proveitosa se o visitante for a pé ou de bicicleta.
Sua história começou na década de 1980, quando foi encontrado nas paredes do bairro um desenho do homem-morcego dos quadrinhos. O acontecimento atraiu estudantes de artes plásticas, que começaram a fazer desenhos de influência cubista e psicodélica nas paredes do Beco, formando a galeria de paredes totalmente cobertas.
Atualmente, os desenhos são renovados constantemente por grafiteiros e a comunidade ajuda a conservar as paredes que são muito disputadas pelos artistas. O Beco tornou-se um ponto turístico obrigatório para os amantes das artes urbanas. A cada visita, uma nova pintura é encontrada no local, o que faz que o visitante retorne mais de uma vez para apreciar as obras.
-
Among the alleys of the neighborhood of Vila Madalena, more precisely in the streets Gonçalo Afonso and Medeiros de Albuquerque, a gallery is located in the open graphite known as Batman’s Alley. With narrow streets, the site visit may be more useful if the visitor is on foot or by bicycle.
Its history began in the 1980s, when it was found on the walls of the neighborhood a drawing of batman. The event attracted students from fine arts, which began making drawings of cubist influence and psychedelic walls of the alley, forming the gallery walls completely covered.
Currently, the designs are constantly renewed by graffiti artists and the community helps to keep the walls that are much disputed by artists. The Alley has become a tourism place must for lovers of urban arts. At each visit, a new painting is found on site, which makes the visitor to return more than once to appreciate the works.
Foto 1: Rodrigo Yoshioka
Foto 2: Wally Gobetz
Foto 3: Wally Gobetz
Foto 4: Wally Gobetz
Foto 5: Wally Gobetz
Foto 6: Kris Arruda
Foto 7: laconics
Foto 8: Wally Gobetz
Beco do Batman, São Paulo, Brasil.
Entre as vielas do bairro da Vila Madalena, mais precisamente nas ruas Gonçalo Afonso e Medeiros de Albuquerque, fica localizada uma galeria de grafite a céu aberto conhecida como Beco do Batman – próxima à estação Clínicas do Metrô. Com ruas estreitas, a visita ao local pode ser mais proveitosa se o visitante for a pé ou de bicicleta.
Sua história começou na década de 1980, quando foi encontrado nas paredes do bairro um desenho do homem-morcego dos quadrinhos. O acontecimento atraiu estudantes de artes plásticas, que começaram a fazer desenhos de influência cubista e psicodélica nas paredes do Beco, formando a galeria de paredes totalmente cobertas.
Atualmente, os desenhos são renovados constantemente por grafiteiros e a comunidade ajuda a conservar as paredes que são muito disputadas pelos artistas. O Beco tornou-se um ponto turístico obrigatório para os amantes das artes urbanas. A cada visita, uma nova pintura é encontrada no local, o que faz que o visitante retorne mais de uma vez para apreciar as obras.
-
Among the alleys of the neighborhood of Vila Madalena, more precisely in the streets Gonçalo Afonso and Medeiros de Albuquerque, a gallery is located in the open graphite known as Batman’s Alley. With narrow streets, the site visit may be more useful if the visitor is on foot or by bicycle.
Its history began in the 1980s, when it was found on the walls of the neighborhood a drawing of batman. The event attracted students from fine arts, which began making drawings of cubist influence and psychedelic walls of the alley, forming the gallery walls completely covered.
Currently, the designs are constantly renewed by graffiti artists and the community helps to keep the walls that are much disputed by artists. The Alley has become a tourism place must for lovers of urban arts. At each visit, a new painting is found on site, which makes the visitor to return more than once to appreciate the works.
Foto 1: Rodrigo Yoshioka
Foto 2: Wally Gobetz
Foto 3: Wally Gobetz
Foto 4: Wally Gobetz
Foto 5: Wally Gobetz
Foto 6: Kris Arruda
Foto 7: laconics
Foto 8: Wally Gobetz
Beco do Batman, São Paulo, Brasil.
Entre as vielas do bairro da Vila Madalena, mais precisamente nas ruas Gonçalo Afonso e Medeiros de Albuquerque, fica localizada uma galeria de grafite a céu aberto conhecida como Beco do Batman – próxima à estação Clínicas do Metrô. Com ruas estreitas, a visita ao local pode ser mais proveitosa se o visitante for a pé ou de bicicleta.
Sua história começou na década de 1980, quando foi encontrado nas paredes do bairro um desenho do homem-morcego dos quadrinhos. O acontecimento atraiu estudantes de artes plásticas, que começaram a fazer desenhos de influência cubista e psicodélica nas paredes do Beco, formando a galeria de paredes totalmente cobertas.
Atualmente, os desenhos são renovados constantemente por grafiteiros e a comunidade ajuda a conservar as paredes que são muito disputadas pelos artistas. O Beco tornou-se um ponto turístico obrigatório para os amantes das artes urbanas. A cada visita, uma nova pintura é encontrada no local, o que faz que o visitante retorne mais de uma vez para apreciar as obras.
-
Among the alleys of the neighborhood of Vila Madalena, more precisely in the streets Gonçalo Afonso and Medeiros de Albuquerque, a gallery is located in the open graphite known as Batman’s Alley. With narrow streets, the site visit may be more useful if the visitor is on foot or by bicycle.
Its history began in the 1980s, when it was found on the walls of the neighborhood a drawing of batman. The event attracted students from fine arts, which began making drawings of cubist influence and psychedelic walls of the alley, forming the gallery walls completely covered.
Currently, the designs are constantly renewed by graffiti artists and the community helps to keep the walls that are much disputed by artists. The Alley has become a tourism place must for lovers of urban arts. At each visit, a new painting is found on site, which makes the visitor to return more than once to appreciate the works.
Foto 1: Rodrigo Yoshioka
Foto 2: Wally Gobetz
Foto 3: Wally Gobetz
Foto 4: Wally Gobetz
Foto 5: Wally Gobetz
Foto 6: Kris Arruda
Foto 7: laconics
Foto 8: Wally Gobetz
Beco do Batman, São Paulo, Brasil.
Entre as vielas do bairro da Vila Madalena, mais precisamente nas ruas Gonçalo Afonso e Medeiros de Albuquerque, fica localizada uma galeria de grafite a céu aberto conhecida como Beco do Batman – próxima à estação Clínicas do Metrô. Com ruas estreitas, a visita ao local pode ser mais proveitosa se o visitante for a pé ou de bicicleta.
Sua história começou na década de 1980, quando foi encontrado nas paredes do bairro um desenho do homem-morcego dos quadrinhos. O acontecimento atraiu estudantes de artes plásticas, que começaram a fazer desenhos de influência cubista e psicodélica nas paredes do Beco, formando a galeria de paredes totalmente cobertas.
Atualmente, os desenhos são renovados constantemente por grafiteiros e a comunidade ajuda a conservar as paredes que são muito disputadas pelos artistas. O Beco tornou-se um ponto turístico obrigatório para os amantes das artes urbanas. A cada visita, uma nova pintura é encontrada no local, o que faz que o visitante retorne mais de uma vez para apreciar as obras.
-
Among the alleys of the neighborhood of Vila Madalena, more precisely in the streets Gonçalo Afonso and Medeiros de Albuquerque, a gallery is located in the open graphite known as Batman’s Alley. With narrow streets, the site visit may be more useful if the visitor is on foot or by bicycle.
Its history began in the 1980s, when it was found on the walls of the neighborhood a drawing of batman. The event attracted students from fine arts, which began making drawings of cubist influence and psychedelic walls of the alley, forming the gallery walls completely covered.
Currently, the designs are constantly renewed by graffiti artists and the community helps to keep the walls that are much disputed by artists. The Alley has become a tourism place must for lovers of urban arts. At each visit, a new painting is found on site, which makes the visitor to return more than once to appreciate the works.
Foto 1: Rodrigo Yoshioka
Foto 2: Wally Gobetz
Foto 3: Wally Gobetz
Foto 4: Wally Gobetz
Foto 5: Wally Gobetz
Foto 6: Kris Arruda
Foto 7: laconics
Foto 8: Wally Gobetz

Beco do Batman, São Paulo, Brasil.

Entre as vielas do bairro da Vila Madalena, mais precisamente nas ruas Gonçalo Afonso e Medeiros de Albuquerque, fica localizada uma galeria de grafite a céu aberto conhecida como Beco do Batman – próxima à estação Clínicas do Metrô. Com ruas estreitas, a visita ao local pode ser mais proveitosa se o visitante for a pé ou de bicicleta.

Sua história começou na década de 1980, quando foi encontrado nas paredes do bairro um desenho do homem-morcego dos quadrinhos. O acontecimento atraiu estudantes de artes plásticas, que começaram a fazer desenhos de influência cubista e psicodélica nas paredes do Beco, formando a galeria de paredes totalmente cobertas.

Atualmente, os desenhos são renovados constantemente por grafiteiros e a comunidade ajuda a conservar as paredes que são muito disputadas pelos artistas. O Beco tornou-se um ponto turístico obrigatório para os amantes das artes urbanas. A cada visita, uma nova pintura é encontrada no local, o que faz que o visitante retorne mais de uma vez para apreciar as obras.

-

Among the alleys of the neighborhood of Vila Madalena, more precisely in the streets Gonçalo Afonso and Medeiros de Albuquerque, a gallery is located in the open graphite known as Batman’s Alley. With narrow streets, the site visit may be more useful if the visitor is on foot or by bicycle.

Its history began in the 1980s, when it was found on the walls of the neighborhood a drawing of batman. The event attracted students from fine arts, which began making drawings of cubist influence and psychedelic walls of the alley, forming the gallery walls completely covered.

Currently, the designs are constantly renewed by graffiti artists and the community helps to keep the walls that are much disputed by artists. The Alley has become a tourism place must for lovers of urban arts. At each visit, a new painting is found on site, which makes the visitor to return more than once to appreciate the works.

Foto 1: Rodrigo Yoshioka

Foto 2: Wally Gobetz

Foto 3: Wally Gobetz

Foto 4: Wally Gobetz

Foto 5: Wally Gobetz

Foto 6: Kris Arruda

Foto 7: laconics

Foto 8: Wally Gobetz